Tratamento

vitiligo_costas

Vitiligo em início de repigmentação com tratamento

Quanto mais precocemente iniciar-se o tratamento maiores serão as chances de controle da doença e repigmentação e melhor, portanto, o prognóstico.

Doença com muitos anos de evolução e com grandes áreas de despigmentação torna o tratamento mais difícil. O motivo seria a destruição dos melanócitos nas áreas afetadas.

De um modo geral a repigmentação ocorre principalmente por ativação e migração dos melanócitos provenientes dos folículos pilosos próximos às áreas despigmentadas.

Corticosteróides

Podem inibir a ação de anticorpos contra os melanócitos. Usados por via oral, tópica, intralesional ou intramuscular. Se usado incorretamente podem levar á vários efeitos colaterias.

Novos Imunomoduladores tópicos

Têm sido usados com sucesso relativo em algumas regiões atingidas, em formas clínicas mais localizadas. Deve ser sempre prescrito e acompanhado pelo médico responsável.

Puvaterapia (Psoraleno + Ultravioleta A)

O produto fotossensibilizante pode ser usado por via oral ou tópica e a irradiação pode ser natural (sol) ou artificial (cabines ou painéis com lâmpadas de ultravioleta A), iniciadas em baixas doses e aumentadas gradativamente de acordo com a reação do paciente. Os psoralenos não devem ser usados antes dos 13 anos de idade. Pode apresentar resultados satisfatórios porém requer rigorosa recomendação de tempo de exposição, acompanhamento rigoroso de um dermatologista e persistência por parte do paciente.

puvaterapia

Fototerapia com UVB (Ultravioleta B) Banda Estreita (Narrow Band)

A exposição a esse tipo de lâmpadas pode induzir aumento da capacidade enzimática, hipertrofia e proliferação dos melanócitos, além de alterações do comportamento imunológico da pele. Reduz o tempo de tratamento e não requer uso de fotossensibilizantes, reduzindo custos e efeitos colaterais.

fototerapiaUVB

Microfoterapia localizada

Usada em vitiligo localizado ou manchas persistentes após fototerapia em cabines. Tem a vantagem de ser aplicada apenas sobre as manchas, poupando as áreas não comprometidas, diminuindo os efeitos colaterais e agilizando o tratamento.

microfototerapia

Laserterapia

O excimer laser tem apresentado resultados satisfatórios. Indicado nas formas de vitiligo localizado.

Tratamento com agulhas no vitiligo

É um método recentemente introduzido para tratar o vitiligo. Agulhas finas são introduzidas na pele normal ao redor das manchas estimulando a migração de melanócitos para as lesões, geralmente combinada com fototerapia focal. Várias sessões são necessárias para obtenção de resultados e a técnica deve ser usada em casos específicos, não sendo utilizada em todas as formas de vitiligo.

Transplante de melanócitos vitiligo

Indicado apenas em casos resistentes ao tratamento clínico, em áreas pequenas (vitiligo localizado) em quadros estáveis, sem surgimento de novas lesões no último ano. Consiste na retirada de fragmentos de pele (transplante de pele) de regiões aparentemente normais, com maior concentração de melanócitos, transplantados para as áreas com manchas. Várias técnicas diferentes são usadas porém as indicações são restritas (indicada apenas em pequeno número de casos). Contra indicada em pessoas com tendência á cicatrizes hipertróficas ou quelóides. Efeitos indesejáveis incluem cicatrizes inestéticas, pigmentação irregular e recidiva da despigmentação.

Despigmentação

Indicada nos casos de vitiligo universal (com mais de 75% de área corporal comprometida), tentando então despigmentar as áreas de pele normal, buscando um melhor resultado estético. As indicações são restritas e os casos bem selecionados. Os produtos usados são irritantes (hidroquinona, fenol) e devem ser administrados por profissional experiente.

Proteção solar

Fundamental em todos os casos de vitiligo para evitar queimaduras solares e câncer de pele.

protecao_solar

Psicoterapia

Importante no acompanhamento dos pacientes que revelam comprometimento significativo da qualidade de vida.

zen

Técnicas de relaxamento

Pode auxiliar na diminuição da ansiedade e ajudar no controle da doença.

Melagenina

Extrato obtido da placenta humana, desenvolvido em clínicas de Cuba. Resultados apresentados pelos médicos cubanos não mostraram-se superiores quando comparados a outros tratamentos tradicionais.

frutas

Anti-radicais livres

O uso de anti-oxidantes poderia levar à diminuição de substâncias tóxicas (radicais livres) responsáveis pela destruição de melanócitos.

Associação de várias técnicas terapêuticas

Pode levar a resultados mais satisfatórios e em menor espaço de tempo, dependendo do tipo clínico, tempo de evolução e idade do paciente.

É uma tendência atual em decorrência dos vários tipos diferentes de tratamentos disponíveis, com mecanismos de ação distintos e atuando muitas vezes de forma sinérgica.

Cada vez mais acreditamos em novas pesquisas e tratamentos que poderá, em um futuro próximo , levar á cura do vitiligo.

maquiagem

Maquiagem corretiva

Dispomos hoje no mercado de excelentes produtos direcionados à correção das manchas (cover), levando a um bom resultado estético, melhoria na qualidade de vida e tendo ainda a função de proteção solar.

Dr. Celso Lopes – Dermatologista
CRM: 63512-SP – RQE: 17256

Tratamento exclusivo para vitiligo

Consultório particular
Rua Joaquim Antunes 727 cj 21 - Pinheiros - São Paulo – SP
Tel: (11) 2729-9462

Centro de Especialidades
Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Av. Vereador José Diniz 3457 - s. loja
Campo Belo - São Paulo - SP
Agendamento: (11) 3549-1000